19 de abril de 2010

De frente para o Sol..

Gostei muito da citação no livro do Irvin Yalom: "A mãe de todas as religiões é a angústia da morte". O livro é de uma delicadeza ímpar, e muito confortante para não religiosos assumidos, como eu, ao abordar esse tema tão agudo e sensível. A explicação do "supremo nada da morte" de Epícuro é formidável. Incrível saber que esses filósofos helenísticos, trezentos anos antes de Cristo, tinham uma compreensão tão profunda de tudo. Levo cada vez mais a sério o lema "mais Epícuro e menos Rivotril".
Entre umas páginas e outras do livro, saí com essa pérola matemática: "o homem é função de sua energia". Em breve explicarei melhor essa idéia.

Um comentário:

  1. Um livro interessante sobre o tema é "Nada a Temer", do Julian Barnes.

    ResponderExcluir