31 de janeiro de 2012

A sobremesa perfeita....

Adoro a alquimia da cozinha!
Fórmulei surpreendente sobremesa:
Meia pêra picada.
Duas colheres de aveia.
Castanhas do Pará picadas.
Um actimel.
E meia bola de sorvete.
A fibra, o doce e azedo.
Ficam irresistíveis!
Quando bem misturados.

Sobre "Speaker" e Brazucas..

Por ossos do ofício.
E da boa cultura.
Ando estudando à beça o inglês.
Dito isso, e noves fora.
Acho uma imposição cultural!
As línguas são difundidas no mundo.
Pelo domínio econômico de quem as falam.
O resto é prazer de poliglota!
Como o Brasil é a "bola da vez" das oportunidades.
Os interessados deveriam se esforçar também.
Para aprender o português!
Vivo recebendo americanos e ingleses no trabalho.
E sempre me incomoda ser a língua deles.
O "veículo obrigatório" da conversa.
Deveria valer a seguinte regra:
"O mandante escolhe primeiro as camisas".

30 de janeiro de 2012

A TPM explica muito....

Considero "nada é por acaso".
Uma frase abominável.
E sem a mínima sustentação!
De frases feitas.
Prefiro "tudo é relativo"!
Afinal, tudo se resume.
À oferta de energia disponível.
Quando temos vigor, tudo é lindo:
Músicas emocionam.
Pessoas se iluminam.
E palavras se harmonizam.
Com défict, tudo parece horrível:
Músicas irritam.
Pessoas murcham.
E as palavras se escondem.
Portanto.
Vivemos no maravilhoso mundo.
Das "interpretações que chacoalham".
Como na TPM da mulher!

nov 2010

Felicidades descontínuas...

A felicidade é.
Necessariamente descontínua!
Vai e vem.
Como o prazer de um email especial.
Do balançar na rede.
Do gelo no copo.
Da presença de um corpo quente.
E afetuoso.
E da nova ou velha paixão.
O fato é que essa convicção.
Desmonta 99%.
De toda essa xaropada religiosa.
E das "lições" de auto-ajuda!

25 de janeiro de 2012

Mudança de patamar.....

As vezes esquecemos.
A mudança de patamar.
Que aconteceu no Brasil!
Vejo nas bancas as matérias de capa.
De duas revistas de grande circulação.
Uma anunciando provocativamente.
A extincão da profissão de domésticas.
E a outra trazendo reflexões.
Quanto à grande onda migratória pra cá.
Tendo em vista as oportunidades do país.
Sim, ainda temos muitos problemas.
É inegável!
Mas podíamos pensar nessa prosperidade.
Há dez anos atrás?

24 de janeiro de 2012

A música mais linda sobre Sampa !

Hoje é niver de Sampa!
458 anos, veccia cidade!
Em homenagem.
Empresto as palavras e o som.
De uma música singela.
Sintética, profunda e maíscula.
Do incomparável Itamar Assumpção:

Não, não!
São Paulo é outra coisa.
Não é exatamente amor.
É identificação absoluta!
Sou eu..eu não me amo.
Mas me persigo!
Bonito a palavra...perseguir.
Eu persigo São Paulo.
Eu persigo São Paulo!
Em tudo que sua etnologia.
Sugere e confessa.
Eu persigo São Paulo.
São Paulo sou eu!


23 de janeiro de 2012

Como o medo distorce a percepção.....

Polêmica por polêmica.
É imaturidade!
Mas o medo de manter uma opinião isolada.
Parece-me bem pior!
Interagir com os outros.
Sempre foi o mais importante.
Por isso a opinião do grupo.
Vence a do indivíduo.
E apesar de vincularmos.
Nossas reflexões a nós mesmos.
O fato é que grosso do que pensamos.
Vem das outras pessoas!
Por isso que quando somos submetidos.
A mínima pressão social.
Acabamos cedendo.
Com medo de ficarmos sozinhos.
Que é, em grande medida.
Uma baita covardia !!

abril de 2010

Relações do sexo e morte....

O paciente recém operado do coração.
Morria de tesão pela enfermeira.
A viúva a caminho do enterro do marido.
Sentia sensações sexuais pelo motorista.
A gêmea passou a ter orgasmos múltiplos.
Depois da morte da irmã.
Sim, histórias estranhas.
Mas verdadeiras!
A força da sexualidade, energia vital.
É boa resposta e alívio da angústia da morte.
Aquela máxima de Terêncio:
"Sou humano, e nada humano é estranho a mim!".

21 de janeiro de 2012

A desatenção criminosa....

O maior crime.
Dos tempos atuais.
Fruto da falta de tempo.
É a nossa desatenção.
A pessoas especiais!
Porque a técnica é pouca.
Não bastam mandar e-mails.
Ou uma ligada rápida.
Um texto curto no facebook.
Tudo isso é muito pouco!
O que importa é o convívio.
É reparar na imagem viva.
A evolução da vida.
É a conversa sem pressa.
São os signos no rosto.
O cenário, os gestos, o afeto.
Numa contemplação obrigatória.
Ao vivo e em cores!
Esse é o grande crime:
Ver mundo roubar horas.
De convívio com quem importa!

20 de janeiro de 2012

E que venha mais gente pro Brasil !



Como é o mundo!
O "rio de pessoas" mudou a direção.
Andam desaguando na América de baixo.
Onde estão hoje as oportunidades!
Enquanto isso, hipocritamente.
Os EUA aliviam a entrada dos "brazucas".
Pra ter a "gaita" de nossa classe média.
Que anda "louquinha" pra gastar!
Como é o mundo!
Mas fico pensando.
O que seria do Brasil.
Sem a grande onde migratória.
Do Século XIX e começo do XX?
Como agregou à nossa gente!
Por isso, não tenhamos medo.
Que venham mais e mais.
Haitianos, Bolivianos, Turcos,
Romenos, Americanos, Espanhóis, etc.
Nosso DNA miscigenado agradece!

19 de janeiro de 2012

A grande pergunta idiota...

Tem pergunta mais abominável que essa:
"Você é mais emoção ou mais razão"?
Aliás, existe pergunta mais sem sentido?

Igreja 14 x 0 Partidos Políticos...

Emblemática!
A reportagem do Valor de hoje.
Ibobe verifica junto aos paulistanos.
Quais são as instituições.
Que mais contribuem para suas vidas.
É impressionante verificar!
Que as instâncias políticas de participação.
Tem baixíssima representação junto à população.
O que dá bem a medida.
Do tempo em que vivemos!

18 de janeiro de 2012

Sou mais o outono!



Sou muito mais o outono.
Verão é instabilidade!
Calor sufocante.
E chuvas intermináveis.
É tempo de tédio!
De palavras cruzadas.
Tricô e rouba-monte.
É ilusão estéril!
Amores de praias.
Que não sobem a serra.
É ausência de fatos!
Cidades fantasmas
Jornais magros.
E amigos distantes.
Outono é céu azul!
Estrelas, acão.
E luminosidade.
É tempo de execução!
Copos de vinhos.
E decisões importantes.
É o ano em rota certa.
É caminho livre.
É ar puro....é ir adiante!

Primo gordo, primo magro....

Um almoço bem observado.
Carrega muita cultura!
Entram na churrascaria.
O pai e o filho.
Que é sua cópia fiel.
Ambos "gordinhos" e famintos!
Em meio a um desfile de carnes.
Se esbaldam na voracidade.
De não deixar passar nada.
Nada de nada mesmo!
Sob olhares atentos e gulosos.
Celebram um grande prazer gustativo!
Ao lado, a humano-contradição:
O priminho triste e magrinho.
Igual ao pai.
E super resistente às investida da mãe.
Para que coma mais que sua vontade.
Que exemplo fantástico.
De diferenciação humana!
Fica aquela sensação.
A natureza não é boa, nem má.
Ela simplesmente se impõe!

17 de janeiro de 2012

Vizinhos ultrasexuados...

Impressionante!
Meus novos vizinhos de Brasília.
Transam toda noite.
Só pode ser casal novo.
Ou recém mudados.
Dá tesão explorar novos espaços.
Novas roupas íntimas.
Novos cenários, novas posições.
O sexo pede mudanças!
É inexorável.
Mas o barulho não incomoda.
É divertido.
E provocativo!
Às vezes no silêncio da leitura.
Vem aquele diabinho:
"E você bicho...vai ficar aí?
Curtindo esses livrinhos?"
Aquele papo.
O quintal do vizinho.
Sempre é melhor!

jan 2011

16 de janeiro de 2012

O grande crime ambiental....

Pra mim.
O grande crime ambiental.
É lotar as ruas de carros.
E impedir o fluxo dos ônibus.
Que poderiam carregar.
O grosso da população.
Em mais e mais faixas exclusivas.
Medida bem mais barata que metrô!
Mas será que nossa classe média ecológica.
Consegue viver sem seu carrinho?

Afinidades com Chico....

Vivendo parte da vida em aviōes.
Sobra-me ler de cabo a rabo.
As revistas da cias. aéreas.
A da Gol vem com o Chico na capa.
Execelente matéria!
Descobri que tenho duas afinidades:
Adorar andar, e rápido.
E vagabundear pelas cidades.
Disse uma frase linda:
"As cidades melhoram muito.
Quando se está à toa na vida."

Simples assim...

Odeio micaretas.
Detesto UFC.
Não vou ao show dos Los Hermanos.
Nunca vi esse tal Michel Telô.
Passarei longe do BBB12.
E tenho pânico.
De programas religiosos na TV!
Simples assim.
Em tempos atuais.
Um pouco de misantropia.
Faz bem!

13 de janeiro de 2012

Con el coyote no hay aduana...

E que o Governo Brasileiro.
Aja forte pra impedir.
Que o sofrido povo haitiano.
Seja explorado nas bandas de cá.
Por inexcrupulosos coyotes.
Isso é seríssimo!

Eis a diferença...

Você entra numa loja em Sampa.
E não tem o que você quer.
Anotam seu telefone.
E ligam, prestativamente.
E ansiosamente.
Quando chega o produto.
Em Brasília.
Vai-se até o ponto.
De anotar o telefone.
Depois é esperar.
E esperar...
Eis a diferença.
Vocação comercial!

12 de janeiro de 2012

Sobre sexualidades sonoras...

Odeio micaretas!
Aliás, nem tenho idade.
E energia pra isso.
E outra coisa.
Aquela beijação.
É de péssimo gosto.
E há uma contradição curiosa.
Garotas de programa.
Permitem tudo.
Menos beijo na boca.
Algo que deveria.
Ser considerado muito íntimo.
Já a moçada classe média.
Embarca fundo.
Naquela beijação olímpica.
Sem nenhuma afeto.
Por isso, digo.
A sexualidade do Rock and Roll.
É muito mais madura!
Foco e intensividade a dois!

Notícias da CAIXA....

A CAIXA faz 151 anos hoje.
Muito inteligente o slogan:
"A vida pede mais que um banco".
Esse é papel de um banco público.
Ir além do privado, do comercial.
Do lucro, da "lógica de mercado".
De promover e fazer.
O que o Banco Privado não faz.
De pensar que os "neolibeles".
Queriam vender essa "ferramenta".
De total atuação social!

11 de janeiro de 2012

Tudo será como antes!



Nada como o descanso!
Passar uns dias na flauta.
Recarregar as pilhas.
Abusar dos lazeres.
E não-afazeres.
Voltamos com o humor lá em cima!
Os primeiros dias são bárbaros.
Ficamos simpáticos.
Conversamos com todos.
Nos interessamos por tudo.
Fazemos mil planos, mil ações.
Filantropias generalizadas.
Soluções materias, familiares.
Físicas e afetivas.
Mas bem sabemos.
Que todo ano avança.
E cumpre sua marcha inexorável:
Tudo será como antes!

10 de janeiro de 2012

A cultura do não...

Adoro essa idéia.
O "não" é tão forte.
Em nossa cultura.
Do macro (governos, empresas, etc)
Ao micro(família, vida pessoal, etc)
Por conta de uma armadilha.
Da eficiência do cérebro.
Moldado pra poupar energia.
O novo força pensar.
Força quebrar a sedutora.
Zona do imobilismo de tudo!

Sobre sonhos e xixis.....

Ontem fui dormir.
Com a bixiga semi-cheia.
Aí cai num sonho.
Ficcionalmente fenomenal.
E riquíssimo em códigos!
Vivia uma trama complexa.
Com amigos de infância.
Havia uma missão impossível.
Disputas, danos físicos.
O destino do mundo.
Nas suas mãos.
Numa mega-tragédia iminente.
Acordei, assustado!
É extraordinário
O que a mente faz.
Pra te levantar da cama.
E não se mijar no colchão!

jan 2011

9 de janeiro de 2012

Sobre dramas e vaidades....

Adoro dramas:
Papo de recém separados.
Crises insolúveis.
Rompimentos iminentes.
E desabafos variados.
Amo essas histórias!
Vejo de tudo:
Os viciados em conflitos.
Os cegos do amor.
Vitimas contumazes.
Auto-sabotadores e vingativos.
Mas raramente.
Há os “coitados” de fato.
Tenho uma teoria:
No fundo, no fundo.
O grande drama.
É nossa vaidade frente ao fim.
Que escancara, inapelavelmente.
Que não somos tão "especiais", assim.
E também, claro.
O tolo medo de encarar a vida.
Um pouco mais sozinho!

6 de janeiro de 2012

Não aplaudindo o pôr do sol....



Cheguei de Maresias.
Sol, praia, dias lindos.
E aquilo de sempre do verão!
Particularmente.
E pela minha cor.
Prefiro o fim do dia na praia.
E aí como no Rio de Janeiro.
A turma resolveu aplaudir.
O pôr do sol.
Peguei-me contrariado:
Por que uma obra da natureza.
Parece mais edificante.
Que a obra humana?
Talvez essa aflição.
Tenha a ver com meu encanto.
E sobretudo espanto!
Com a credulidade das pessoas.
Particularmente, de novo.
Continuarei aplaudindo.
Livros, filmes, pontes.
Desenhos, pratos, músicas...

Mais uma paixão....



Será Misantropia?
Paixão, só no cinema!
E me aparece.
Essa Cécile De France.
Em "Garoto da Bicicleta".
Tem coisa mais arrebatadora.
Que mulher linda.
Falando francês?
Tá loco!

São Marcos parou!



Emocionante notícia.
São Marcos parou!
Ele ostenta nosso orgulho.
O amor incondicional ao clube.
Fez vários milagres.
Sobreutdo contra o maior rival.
E o principal:
Recusou milhões do Arsenal.
Depois de ser o goleiro do penta.
Pra ficar com o time na série B.
Pra resumir:
É santificado pela torcida.
Respeitado pelos adversários.
E considerado o mais gente boa.
Entre todos os jogodores.
E mais:
Iniciou e terminou no Palmeiras!
Em tempos em que alienados.
Se acham mais torcedos que outros.
Desafio exemplo igual!

Três livirnhos novos...

Aí lá vamos nós.
Ler ao máximo em 2012!
Três livrinhos novos:
"Pornopopéia".
Do Reinaldo Moraes.
"Cemitério de Praga".
Do Umberto Eco.
E "Homem Comum".
Do Philip Roth.
Autor recomendado.
Por grande amiga!