17 de janeiro de 2011

Sampa...

Sexta.
Sábado, domingo.
E segunda, em Sampa.
Como adoro essa cidade!
Janeiro é imbatível.
O trânsito flue.
Há vários turistas.
E menos velocidade "comercial".
Se me faço entender.
A cidade "relaxa".
Numa baianidade lírica.
E posssível.
Onde vivo.
No espaço de poucos quarteirões.
Tenho praticamente tudo.
A qualquer hora do dia.
Ou da noite.
Uma vida cultural fantástica.
Bons amigos.
E, sobretudo.
O "anonimato".
É absolutamente fantástico.
Ser apenas...mais um!

Nenhum comentário:

Postar um comentário