25 de janeiro de 2011

Pobres tempos...

Barbaridade!!
O Mainstream:
Já esteve bem.
Mais ou menos.
Mas nunca tão horrível.
Como agora.
Musicalmente.
Sou alijado desse tempo.
Abomino todas as frentes:
Black Americano.
Setanejo, Axé.
Eletrônico.
E rock infanto-juvenil.
Faltam iconoclastas!
Aí provoco:
É o artista que se adapta.
Ao gosto do público?
É óbvio que não!
Artista não é entretenedor.
Desafia e provoca o público.
Está à frente.
Do tempo do público.
Coisa boa, é assim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário