23 de março de 2011

Sobre complexidades....

Mentem, os que atiram.
Aos subterrâneos da mente.
A culpa por doenças.
Pela falta de vontade.
Pela desolação.
Mentem, os que rogam ao homem.
O fim evolutivo.
A supremacia orgânica.
O produto divinal.
Mentem, os que delegam a deus.
Os momentâneo de êxito.
O infortúnio alheio.
O acaso dos dados.
Os rótulos.
Assim sempre serão:
Os salva-vidas da complexidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário