22 de fevereiro de 2011

Ensimesmado...

Dizem-me misterioso.
O que estranho.
Vejo-me explícito.
Aberto, até demais.
Talvez inconstante.
Mambembe, um pouco.
Incomodado, sim!
Com essa maneira atual.
E "técnica" de viver a vida.
E tem outra.
Pêrolas deveriam residir.
Em zonas mais profundas de si.
De acesso inesperado.
E ingovernável.
Embora, claro.
Nem existir, elas possam!

Um comentário:

  1. Gostei muito da sua forma de fazer poesia e forjar outras palavras, que dão um cunho original a elas.Grata.

    ResponderExcluir