4 de fevereiro de 2011

É tudo pose...

Na vida hoje.
É tudo pose.
Todo mundo se imagina.
Estampado em outdoor.
É tudo pose.
É tudo pose.
É tudo pose.
Preocupados.
Com olhares ao redor.
Pra entrar no carro.
Pra sair na rua.
Tudo, tudo vira pose.
É bem pior que na TV
Pra tirar um sarro.
Cada um na sua.
Inventando pose.
Até pra morrer.


É nessas que eu digo.
Parafraseando o personagem.
De Umberto Eco.
"Com o excesso.
De protagonistas no mundo.
Me sobrou ser.
Um observador Ligeiro.

Um comentário:

  1. E como diria Lulu Santos:
    "Os personagens se revelam
    Atores no aplauso final
    E pra cada interpretação
    O que lhe for proporcional..."
    Biba

    ResponderExcluir