28 de maio de 2011

Wop-Bop...

Que seria.
Da sonoridade de Sampa.
Sem a lendária.
Wop-Bop?

Nenhum comentário:

Postar um comentário