31 de maio de 2011

Hora de la siesta....

O que mais sinto falta.
Da adolescência.
É dormir à tarde.
Disparado!
Era uma delícia.
Nada como uma soneca.
Depois do almoço.
Pra mim.
É um dos cinco.
Maiores prazeres.
Da experiência humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário