17 de abril de 2011

Som..,Sampa!

Bela mistura.
A negritude charmosa.
Linda, rítmica.
E periférica de Sampa.
E a simpatia.
Belorizontina.
De arrepiar!
Ainda penso nela...

Nenhum comentário:

Postar um comentário