5 de agosto de 2010

Reflexões polares...



Frio dá sono.
Frio dá fome.
Frio consome.
Frio congela.
Decidamente,
não nasci para passar frio.

Um comentário: