8 de março de 2012

O melhor da mulher (em seu dia)....



O momento mais esplêndido.
Pra contemplar.
A beleza feminina.
É o frescor depois do banho.
De um dia de praia e mar!
Porque ali se junta.
No ângulo calmo.
Da adoração visual.
O colorido quente.
E a ardência bronze.
Da pele viva.
Morrendo de sede!
A imagem-mulher.
Por assim, dizer.
Explode em licores.
Signos iluminados.
E cabelos molhados.
Exalando, desimpedidos.
O aroma do fervor.
De corpos que se merecem!

(fev/2010)

2 comentários:

  1. Gostei, mas sou suspeito a opinar pois tudo que sou gira na órbita da Poesia...

    Aposto que você tem um relicário muito bem escondido, e essa peça fazia parte dele.

    Abraço cara !

    ResponderExcluir