6 de janeiro de 2012

Não aplaudindo o pôr do sol....



Cheguei de Maresias.
Sol, praia, dias lindos.
E aquilo de sempre do verão!
Particularmente.
E pela minha cor.
Prefiro o fim do dia na praia.
E aí como no Rio de Janeiro.
A turma resolveu aplaudir.
O pôr do sol.
Peguei-me contrariado:
Por que uma obra da natureza.
Parece mais edificante.
Que a obra humana?
Talvez essa aflição.
Tenha a ver com meu encanto.
E sobretudo espanto!
Com a credulidade das pessoas.
Particularmente, de novo.
Continuarei aplaudindo.
Livros, filmes, pontes.
Desenhos, pratos, músicas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário