14 de novembro de 2011

Sobre viver lutos....

Engraçado isso!
No mundo artificial de hoje.
Nem os lutos são vividos.
Como deveriam.
Pessoas queridas se vão.
E viramos a página.
Com um lamento ligeiro.
Viciados em nossas rotinas.
Aparecem “Prozacs”, distrações incríveis.
Livros milagrosos, que nos ensinam.
Como ser o gerente eficiente.
De todas negativas da vida.
Pobres tempos!
Nem o mais profundo de nós mesmos.
Podemos atingir!

Um comentário: