11 de novembro de 2010

Relativismo futebol clube...

Amo o senso comum:
tudo é relativo.
Absolutamente, tudo.
Minha teoria:
Tudo se resume.
À oferta de energia
Quando temos vigor.
Tudo é lindo.
Músicas emocionam.
Pessoas se iluminam.
Palavras se harmonizam.
Com défict.
Tudo é chato.
Músicas cansam.
Pessoas murcham.
Palavras se escondem.
Portanto.
Bem-vindos ao maravilhoso mundo.
Das interpretações que chacoalham.

Um comentário: