24 de abril de 2012

Uma quase não-vida...

Ter personalidade hoje.
Não é produtivo.
E nem aderente ao mundo.
A onda "up to date".
É demonstrar leveza.
E flexibilidade a adaptações.
Ao invés de lapidar uma persona.
Viramos um estilo de vida:
A praia que frequentamos.
O destino das férias.
O livro que carregamos.
A iguaria que provamos.
E o mega-show que iremos.
Todos nossos melhores predicados.
Colorem fotos e frases.
De páginas do Facebook.
E seguimos assim.
Cheios de esboços.
Mas sem sermos de fato.
Viva a pós-modernidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário