9 de junho de 2011

Sobre "colar os cacos"....

Nada como os taxistas!
São termômetros das cidades.
Captam como ninguém.
As "ondas sociais".
Outro dia um deles me reclamou:
"Há 5 anos brigo com minha mulher.
Acabou a vontade. Acabou o sexo."
Frio, exclamei: "é hora de separar, então".
"Não dá. Ela vai brigar."
"Pode ser a última briga. Já pensou?"
Fez-se o silêncio da intromissão.
No destino final, me agradeceu:
"Valeu a prosa. Tu tá certo".
Desci do carro culpado.
E reflexivo:
até que ponto vale colar os
cacos de uma relação corroída?

Publicado em 16 de julho de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário