19 de novembro de 2014

O grande conflito de todos......


Pra mim o grande conflito na vida psíquica de qualquer sujeito é o seguinte: sacar que nossos atos, quase sempre persistentes, contrastam com o que acreditamos querer e desejar. 
Ou seja, perceber a tensão inteligível entre o que sabemos de nós e as escolhas que fazemos, que se opõem a essa consciência de nós.  
Admitindo a magnitude desse conflito, há dois caminhos: creditá-la a um “lado primitivo” que às vezes nos domina, alheio às nossas  reais vontades, ou buscar acolher compreensivamente esse “outro eu”e a lógica por trás do que fazemos.
O segundo caminho é muito mais árduo, mas bem mais esclarecedor!

3 comentários:

  1. O segundo caminho é sem dúvidas o melhor, para evitar futuros sofrimentos.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que o querer e o desejar nos move a persistir nos atos. e que uma vez não adquirido o desejado nos deparamos com a difícil escolha da reesignificação .

    ResponderExcluir
  3. Creio que a escolha dos caminhos vai depender da consciência de cada um. Eu escolhi o caminho do amor. Creio que nenhuma jornada é fácil. Com o tempo de aceitarmos e acolhermos todas crenças e sentimentos primitivos já será um lindo passo para vida se torna mais fluida #namaste

    ResponderExcluir