6 de agosto de 2012

Sobre a (não) utilidade do amor...

Curiosos, e também aflitos.
Os esperançosos do amor!
Gente de renovada ingenuidade.
Crendo que o amor resolve tudo!
Como diria o poeta.
Ainda é bem melhor.
“O amor não é uma saída.
É um mergulho!”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário