13 de agosto de 2012

O mais libidinoso dos carnavais....

Cai de cabeça.
Na biografia do Nélson Rodrigues!
Curioso sacar o Rio, e a Zona Norte.
De outros tempos.
Conta que em 1918, a cidade maravilhosa.
Baixou 15 mil mortos.
Em 2 meses de gripe espanhola.
Recorde total no mundo!
E depois foi embora.
Na mesma velocidade!
Por conta disso.
O Carnaval de 1919.
Foi o mais "profano" de todos!
A iminência de morrer.
Que assombrava a população.
Provocou uma "vontade de viver".
Que se traduziu.
No carnaval mais "sem roupa".
E libidinoso que o Rio conhecera!
Daí entender o porquê.
Do "sexo" e "morte".
Serem tão presentes.
Na obra do dramaturgo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário