22 de agosto de 2012

As marcas do tempo......

Hoje, depois de muitos anos.
Voltei ao clube Sírio, em Sampa.
Na avenida Indianópolis!
Há uns 28 anos, e bem garoto.
Estive ali, pra receber um troféu.
De premiação do futebol!
Palestrei hoje, exatamente.
No mesmo salão central.
Para uma grande platéia!
Como o tempo nos muda!
Lembro-me assustado, tímido.
E sufocado pelo gigantismo.
Do fato e do lugar!
Tanto tempo depois.
Não me reconheço!
Há o pragmatismo profissional.
E a naturalidade fria.
Que o mundo adulto nos imprime!
Lembro-me da primeira vez.
Que entrei num estádio.
Que vi um ônibus na ladeira.
Que ouvi os gritos na feira.
Que vi a fila de garotos na escola.
Tudo, incrivelmente.
Tão maior......

Nenhum comentário:

Postar um comentário