13 de setembro de 2011

Pagão.....

Meus enraizamentos.
E “desenraizamentos”.
São sempre musicais.
Aquele lance:
Fugas e encontros.
Por sensações.
Ando ouvindo Bowie.
Geniais suas inversões.
Bases eletrônicas que desaceleram.
O tempo fluindo como o cigarro.
Sinais de permanência.
O desespero vocal.
Lugar e não-lugar.
Ao mesmo tempo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário