23 de agosto de 2011

A arte de não fazer nada...

De férias em Sampa!
Incrível como o senso de produtividade.
Domina nossa alma.
Sempre se acha o que fazer:
Rotinas domésticas.
Compromissos adiados.
E arrumações diversas.
No fundo "não fazer nada".
É uma arte necessária.
Que carece disciplina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário