24 de julho de 2012

As sutilezas do vício...

Como as traições.
Os vícios são mais sutis!
Chocolate, cocaína.
Micaretas, bebida, novelas.
São superlativos.
Da ditadura do gozo.
Cujos prazeres.
Foram padronizados.
E normatizados!
Vícios, de fato.
São mais perenes.
São traumas amalgamados.
São jeitos de corpo.
Renúncias duras.
Opiniões inflexíveis.
São auto-enganos.
Personas rígidas.
Que duram, duram.
E vivem por eras.
Dentro da gente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário