11 de maio de 2012

A museologia do presente.....













Curiosos esses tempos.
Tempos de encapsular tudo.
Captar, digitalizar e armazenar.
Eis o lema!
Tudo é "facebookiado"!
Pequenas alegrias.
Gestos não espontâneos.
Sorrisos congelados.
E frases escorregadas!
Nossos passos.
Sob a vigília do Deus Cronos!
Erguem-se fortalezas pessoais.
Museus do presente.
Museus do que acaba de acontecer.
Museus da instantaneidade.
Não parece estranho.
Ter saudades do anteontem?
Do presente?
Captar e armazenar.
Eis o lema.

maio de 2010

Um comentário: