10 de abril de 2015

O que a palavra não alcança.....


Ando obcecado nas leituras de Freud e Lacan! Pus tudo em terceiro plano e, fora isso, nada me interessa muito. Acho que o mais me fascina na Psicanálise é esse recado que há alguma que não se compreende. E esse paradoxo é muito interessante porque um método de “cura pela palavra” admite também que há alguma coisa que o sujeito não sabe dizer. E essa coisa, que ele não sabe dizer, o fará ter chance de reinventar e, sobretudo, se responsabilizar. E não haverá bispo nenhum pro qual ele poderá reclamar! Não é absolutamente libertador, instigante e subversivo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário