4 de julho de 2013

Chorar na multidão......










Uma imagem que sempre me impactou:
Você está lá, caminhando em meio à multidão.
Cruzando pessoas, quadras, bancas de jornais.
E, de repente, nota a imagem de um choro em sua direção.
Sim, alguém com um sentimento descolado do bando veloz.
Alguém com uma dor, uma angústia, uma expressão aflita.
Chorando, chorando, escondendo o seu choro, e seguindo o fluxo.
E na velocidade de tudo, a pessoa passa, a tristeza passa.
E, na velocidade de tudo, algo se perde, páginas viradas.
Decididamente, cidades grandes atropelam aflições!

Nenhum comentário:

Postar um comentário