27 de maio de 2013

A ingovernabilidade da paixão....



Assisti de novo esse filmaço "Fatal"!
Baseado no "Animal Agonizante",  de Philip Roth
Muitas metáforas: sobre a inexistência.
Sobre sabotar-se, referências a Tolstoi.
Velhice, solidão, auto-engano, morte.
E, sobretudo. o que é prender-se a alguém.
Há uma cena ali que o frio professor.
Vê-se apaixonado, contemplando Consuela na cama.
Com sua indefectível xícara de café na mão.
Bela cena!
A paixão, parecer ser, o bálsamo humano.
E o melhor: é ingovernável.
Aparece de surpresa, a qualquer idade.
Lembrei da música do Dylan:
"One more cup of coffee for I go,
To the valley below".

Nenhum comentário:

Postar um comentário